sexta-feira, 11 de agosto de 2017

BALALAIKA É CAMPEÃO DA LIGA PIRATA 2017.

Não faltou emoção na final da Liga Pirata de Futebol Society 2017. Balalaika e Ressaca fizeram um jogo disputadíssimo do início ao fim. Assim como aconteceu no primeiro, o titulo acabou sendo decidido nas cobranças de pênaltis.

Balalaika campeão da Liga Pirata 2017.
O jogo poderia ter sido definido no tempo normal. Em uma noite agradável e com ótimo publico, Balalaika e Ressaca mostraram porque são no momento considerados os dois melhores times de fut7 de Campinas, fizeram uma partida digna das grandes finais memoráveis que certamente irá ficar na memória de todos que estiveram presentes, lotando as dependências do Paradiso Futebol Society.



Em noite inspirada, o camisa 19, do Ressaca, Robinho, marcou dois gols e ajudou sua equipe, com varias assistências que originaram em ótimas oportunidades e outras em gols. Léo Aro, considerado o melhor jogador de fut7 de Campinas e região sofreu marcação especial não teve muito espaço para fazer a diferença que normalmente faz, porem ao marcar o seu gol se tornou ao lado de Wil do River Plate artilheiros da Liga Pirata com 21 gols.

Léo Aro artilheiro da Liga Pirata ao lado do Wil do River Plate com 21 gols.
O Balalaika não se intimidou com ritmo forte e ofensivo do Ressaca. Tomava o gol e logo empatava. Passou a frente do marcador e próximo ao final do primeiro tempo sofreu o empate (3-3) assim de igual para igual travava uma disputa limpa e leal com o Ressaca. Murilo Mumu e Akaoan regiam a equipe, criavam às principais jogadas do Balalaika, Akaoan  alem da sua versatilidade na criação, marcava e foi ator de dois gols, Murilo Mumu, outro que se destacou, defendeu e buscou o ataque, desarmou, fez falta, sofreu falta, um guerreiro entre outros que fizeram um espetáculo futebolístico mostrando o porquê o confronto entre as duas equipes foi considerada o jogo do ano.

Goleiro Muralha do Balalaika, eleito melhor goleiro da Liga Pirata 2017.

No segundo tempo as equipes voltaram determinadas para conseguir seus objetivos, o Balalaika na manutenção do empate para se sagrar campeão invicto enquanto o Ressaca corria atrás de uma vitoria com dois gols de diferença para ficar com o bi-campeonato.

Capitão Marcão do Ressaca recebe das mãos do Diretor Executivo, Valter Ferreira Mariano da Liga Pirata o troféu de vice-campeão.

 Logo aos 8 minutos, o craque Léo Aro, faz o seu, colocando o Ressaca novamente a frente do marcador, com o gol Léo Aro se iguala ao Wil do River Plate na artilharia da Liga Pirata com 21 gols.



O jogo segue com a epinefrina dos jogadores lá em cima, Diogo se livra da forte marcação e chuta cruzado, o chute sai meio sem força, mas a bola bate na trave e a defesa espanta o perigo. Logo em seguida é a vez de Léo Aro tabelar com Robinho, Léo Aro recebe e consegue fazer o giro em cima do seu marcador o chuta na saída do goleiro Muralha, a bola tira casquinha do travessão e sai para linha de fundo, alivio para a torcida Balalokos.

Paradiso Futebol Society lotado para acompanhar a grande decisão da Liga Pirata 2017.

A partida se caminha para os seus minutos finais, o Ressaca ainda precisava de mais gol para ficar com o titulo e evitar as penalidades, Balalaika corria atrás de um gol que lhe daria o empate e conseqüentemente o titulo, após a confusão envolvendo Moguinha (Ressaca) e Lucaxa (Balalaika) onde ambos foram expulsos, Leozão faltando apenas um minuto para o termino, empata o jogo, festa, em azul e vermelho nas arquibancadas do Paradiso Futebol Society. Contudo alguns segundos pro final, o Balalaika comete a sexta falta, shoot out, na cobrança, Marcão não desperdiça e recoloca o Ressaca na briga pelo titulo, fim de jogo, decisão vai para os tiros penais.

Jogadores posicionados para acompanhar o Hino Nacional Brasileiro
Na decisão por pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Muralha. Leozão com categoria converte o primeiro para o Balalaika, na seqüência Netto cobra para o Ressaca e desperdiça. Diogo também com categoria amplia a vantagem do Balalalaika (2-0), Marcão, tem aos seus pés a missão de manter vivo o sonho do bicampeonato, concentrado na marca penal corre e chuta forte, Muralha salta e espalma a bola, Balalaika campeão!!! Festa e choro de alegrias dos jogadores, festa dos Balalokos que invade a quadra para comemorar a conquista da Liga Pirata 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário