terça-feira, 1 de agosto de 2017

BALALAIKA VENCE A PRIMEIRA NA DECISÃO DA LIGA PIRATA 2017.

O Balalaika venceu o Ressaca na primeira partida da decisão e jogará a segunda precisando do empate para se tornar campeão invicto da Liga Pirata de Futebol Society 2017.

Os dois gigantes do futebol society campineiro chegaram de forma invictos para decidir em duas partidas que será o campeão da Liga Pirata de Futebol Society 2017.
Balalaika larga na frente na decisão da Liga Pirata 2017.
De um lado o atual campeão da liga o Ressaca com uma equipe repleta de jogadores com passagem no futebol profissional, Léo Aro que recentemente disputou o campeonato paulista A2 pelo Taubaté é a principal estrela do time. Do outro lado, o badalado Balalaika possuiu um super elenco com jogadores de alto nível técnico e uma torcida apaixonada que acompanha a equipe e faz a diferença fora de campo.

A primeira partida da decisão foi nesta quinta feira (27/07) e começou com Balalaika muito mais ligado no jogo, com toques rápidos envolvia com certa facilidade o setor defensivo do Ressaca, aos quatro minutos, Leozão “o cara do jogo” abriu o marcador em favor do Balalaika. Três minutos  depois um chute cruzado Robinho empata a partida.


Ressaca perde a primeira partida da decisão da Liga Pirata 2017.
“Leozão foi sem duvida o melhor jogador da primeira partida da decisão da Liga Pirata, alem dos dois gols que fez, deu varias assistências, fez jogadas de cinema, defendeu, gritou com a equipe, liderou o Balalaika rumo a vitoria. “O cara do jogo”.

O Balalaika não demorou para esta novamente a frente do marcador, desta vez foi à vez de Murilo Mumu fazer a alegria da torcida Balaloukos que compareceu em bom numero nas arquibancadas do Paradiso Futebol Society.


Arbitragem da primeira partida, Marcos Antonio Mello e Marcelo Peres
Novamente a frente do placar o Balalaika voltou a cadenciar o jogo esperando o erro do adversário e numa saída errada do Ressaca, Leozão fez o seu segundo e o terceiro do Balalaika, festa em azul e vermelho, festa dos Balaloukos.

O placar totalmente adverso o Ressaca tentar diminuir a diferença, Léo Aro tenta uma, duas vezes com chute cruzado que passa próxima a meta do goleiro Ederson Muralha. Contudo o Balalaika era mais eficiente no ataque, aos 23 minutos o Lucaxa faz 4x1 em outra falha do Ressaca que não se encontrou dentro da quadra levando um “baile” do Balalaika no primeiro tempo.


No segundo tempo o espírito da fênix abaixa no Ressaca, sua defesa passa não mais errar constantemente permitindo assim que o setor de meio passa ter mais posse de bola e articular as jogadas ofensivas com mais precisão, o Balalaika retorna mais precavido e passa a jogar nos contra ataques.

O Ressaca imprimindo um ritmo forte logo aos seis minutos chega ao segundo gol através de Purve, dando uma nova roupagem a decisão. O gol deu mais ânimos aos jogadores ressaqueiros que em verdadeira blitz não permitia que a bola chegasse aos homens de frente do Balalaika, com um volume maior de posse de bola o terceiro gol não demora a sair, aos 10 minutos, Paulinho com categoria diminuiu recolocando de vez o Ressaca na partida.



Quando se previa o gol de empate, pela constância ofensiva do Ressaca, veio que poderia ser chamado de “balde de água fria”, o matador Diogo deixa a sua marcar fazendo 5x3 para o Balalaika.

O jogo ainda faltava seis minutos para o seu final, a torcida do Balalaika fazia uma linda festa na arquibancada enquanto que a torcida do Ressaca tentava empurrar a equipe para o ataque.

Já na reta final do jogo, aos 22 minutos a estrela do craque Léo Aro brilha fazendo o quarto gol do Ressaca, incendiando de vez os minutos finais, contudo no reinicio do jogo, a defesa do Ressaca da bobeira e Victor Hugo faz o sexto gol do Balalaika, festa dos Balaloukos.


Léo Aro um dos destaque do Ressaca fez um golaço.
Faltando menos de dois minutos para encerramento da partida, a torcida do Balalaika comemorava a vantagem de dois gols que lhe permitiria até perder o próximo jogo por um gol de diferença, mas faltando 20 segundos a bola cai nos pés do Léo Aro e com muita categoria chuta no ângulo superior esquerdo do goleiro Muralha, golaço e fim de papo. Vitoria do Balalaika 6x5 que jogará a próxima partida, dia 10, às 21 horas tendo o empate ao seu favor para quebrar a hegemonia do Ressaca no futebol society campineiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário